17 de junho de 2011

Sou tímida, revoltada, alegre, tagarela, tudo ao mesmo tempo. Adoro rir, cantar, improvisar, dançar, ser louca. A vida não faria sentido, se eu jogasse tudo para o alto e tanto faz tanto fez para mim. Apesar que jogar os meus maiores problemas para o alto e gritar foda-se é a coisa que eu faço com mais frequencia. Gosto de ser estranha, bipolar. Não estou querendo chamar atenção, estou querendo criar personalidade.       
Sou tímida, revoltada, alegre, tagarela, tudo ao mesmo tempo. Adoro rir, cantar, improvisar, dançar, ser louca. A vida não faria sentido, se eu jogasse tudo para o alto e tanto faz tanto fez para mim. Apesar que jogar os meus maiores problemas para o alto e gritar foda-se é a coisa que eu faço com mais frequencia. Gosto de ser estranha, bipolar. Não estou querendo chamar atenção, estou querendo criar personalidade.